Camada de Ozônio libras

Postagem:
Intérprete / tradutor: Daniel Enes de Almeida.
Público alvo: alunos a partir do 5º ano escolar.
Gênero: geografia
ilustração da camada de ozônio e raios ultra violletas
1. Ilustração dos raios violetas atravessando a camada de ozonio.

A camada de ozônio é como um escudo protetor que envolve a Terra e impede a penetração de raios ultravioletas (UVB) provindos do sol que são nocivos para as pessoas e a vida em geral no nosso planeta. Sem essa camada, seria impossível haver vida aqui. O ozônio é um gás formado por três moléculas de oxigênio (O3) que não pode ser utilizado na respiração humana. libras

Infelizmente, no século XX foi detectada a destruição desse gás na atmosfera tornando-o rarefeito, que se encontra frágil e sensível na forma de camada fina, não conseguindo bloquear a penetração dos raios ultravioletas. Foi em 1977 que cientistas britânicos encontraram esse male na região do pólo sul sobre a Antártida, mas foi só em 1982 que foi dado um alerta dos danos que poderia ser causado ao planeta caso essa fragilidade da camada de ozônio continuasse a aumentar. Todavia, o que tem destruído a camada de ozônio? libras

Nos anos 30, substâncias químicas conhecidas como clorofluorcabonos (CFCs), passaram a ser produzidos industrialmente nos laboratórios para o funcionamento de sistemas de refrigeração, ar condicionados, aerossóis, solvente para limpeza e outros. A fabricação em massa destes produtos tem como principal responsável as indústrias dos países mais ricos, que liberou em grande quantidade os CFCs no ar. O Brasil não chega a ter uma grande parcela de culpa na produção desse gás, pois as indústrias brasileiras o utilizam em menor quantidade. libras

Buraco na camada de ozônio
2. Imagem ilustrativa do buraco da camada de ozonio, por onde atravessam os raios ultravioletas. libras

Felizmente, com a conscientização dos países responsáveis pela fabricação dos CFCs, no ano de 1987, 47 deles assinaram um documento chamado Protocolo de Montreal, que tem como objetivo reduzir em grande escala a produção do CFC. Cientistas têm conseguindo fabricar outras substâncias que podem substituir o CFC sem causar danos à camada de ozônio. Esse documento entrou em vigor a partir do ano de 1989. libras

Bem, o problema já existe, a camada de ozônio está destruída e vai levar vários anos para poder se recuperar e se tornar resistente contra os ataques dos raios ultravioletas. Que danos então estes raios tem causado ao planeta? Podemos listar vários, mas mencionando alguns, vamos começar falando o que pode causar as pessoas. libras

Os raios ultravioletas que penetram e atingem a terra são encontrados em maior quantidade nos horários em que a energia luminosa do sol se encontra mais intenso, ou seja, geralmente nos horários de 10h da manhã até as 16h da tarde. Uma pessoa que fica exposta exageradamente a esses raios sem nenhuma proteção pode ter vários complicações na saúde. Por exemplo, pode aderir o câncer de pele, a catarata - que é responsável pela cegueira - e a sensibilidade no sistema imunológico que torna a pessoa vulnerável a outros tipos de doenças. Todo ano milhares de pessoas têm morrido por causa do câncer de pele. Então é bom se prevenir. libras

Com a destruição da camada de ozônio e a liberação de vários gases poluentes no ar tem acontecido um fenômeno na Terra denominado como “efeito estufa”, ocorrendo assim o aquecimento global. Este aquecimento por sua vez somado aos raios ultravioletas tem prejudicado o cultivo agrícola atrapalhando assim a produção de alimentos que é fornecida a população mundial. Também tem causado queimas de florestas no mundo inteiro, acarretando na grande redução da vegetação e tornando assim mais fraco o processo da fotossíntese, diminuindo a quantidade de gás oxigênio no ar e aumentando a produção de gás carbônico. libras

Os raios ultravioletas também têm prejudicado a vida marinha, destruindo os plânctons, animais e plantas microscópicas que serve de alimento para outros seres e que absorvem mais da metade de dióxido de carbono do planeta.

O consumo de CFC pela população mundial já diminui bastante, mas se outras ações radicais não forem tomadas pelo sistema político, os desastres que podem ocorrer serão irreversíveis. libras

Referências bibliográficas

  • DEMÉTRIO, Gowdak; MARTINS, Eduardo. Ciências: Novo Pensar. 6º Ano do ensino fundamental. 2ª edição. São Paulo: FTD, 2006.
  • FAVALLI, Leonel Delvai; PESSÔA, Karina Alessandra; ANGELO, Elisangela Andrade. Ciências: raiz do conhecimento. Projeto Radix. 6º ano do ensino fundamental.1ª edição. São Paulo: Scipione 2011.
  • JÚNIOR, César da Silva; SASSON, Sezar; SANCHES, Paulo Sérgio Bedaque. Ciências: Entendendo a Natureza. O mundo em que vivemos. 6º ano do ensino fundamental. 16ª edição. São Paulo: Saraiva, 1998.
  • O QUE É A CAMADA DE OZÔNIO, http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/camada_ozonio/
  • CAMADA DE OZÔNIO, http://www.brasilescola.com/geografia/camada-de-ozonio.htm

Fonte das imagens:

  • 1: http://www.coladaweb.com/quimica/quimica-ambiental/camada-de-ozonio
  • 2: http://www.geografiaparatodos.com.br

Acessadas em 08/05/2012.